Bacharel em Psicanálise Clínica – (Ciências Humanas)

BACHARELADO EM PSICANÁLISE CLÍNICA – (CIÊNCIAS HUMANAS) – (2400 HORAS)

O curso de formação em “Bacharel em Psicanálise Clínica – (Ciências Humanas)” visa a formação no campo psicanalítico, bem como a formação de profissionais de Psicanálise. Não se limita porém a isso. O currículo apresenta suficiente flexibilidade para as adaptações indispensáveis às diferenças de indivíduos e de grupos, principalmente no caso de profissionais e acadêmicos da área de psicanálise, psicologia, psiquiatria, filosofia, direito, teologia, educação, ciências humanas e demais interessados no tema.

235x239xpsicanalise.jpg.pagespeed.ic.701UDUJcpc

PUBLICO ALVO: Pessoas que atuam na área de ciências humanas (medicina, psicologia, psiquiatria, enfermagem, filosofia, direito, teologia, educação, pedagogia, letras, etc) e áreas afins; pastores, missionários, conferencistas, líderes; profissionais interessados no trabalho clínico em Psicanálise: psicólogos e psiquiatras, médicos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, enfermeiros que trabalham nos diversos serviços de Saúde: hospitais, núcleos de atenção psicossocial, centros de saúde, projetos judiciários, empresas, escolas, serviços de urgência e outros.

JUSTIFICAÇÃO: Há uma grande necessidade de psicanalistas para orientar as pessoas na solução de seus problemas existenciais, tais como: fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos auto e heteroagressivos, angústias e crises de toda ordem. O profissional de Psicanálise ajudará a sociedade a ficar mais humana e a vida a ter mais sentido!

DIFERENÇAS ENTRE PSICÓLOGO E PSICANALISTA:

PSICÓLOGO:
Profissional que possui formação acadêmica em Psicologia. ciência que estuda os processos mentais, os comportamentos e sentimentos, utilizando distintas abordagens. Alguns autores denominam por “Psicologias”, pois existem diferentes concepções de seu estudo, as diversas linhas que concebem o funcionamento do ser humano, tais como a Psicanálise, a Comportamental, a Gestalt, entre outras. Após concluir sua graduação é necessário um cadastro no Conselho Regional de Psicologia que o habilita para exercer sua profissão seja em clínicas, hospitais, escolas, empresas ou instituições.

PSICANALISTA: Termo usado para o psicólogo, terapeuta ou psiquiatra que possui especialização na abordagem psicanalítica. A psicanálise é uma abordagem de psicologia que foi criada por Sigmund Freud, que propõe o tratamento por meio da análise do inconsciente. Para ser um psicanalista basta fazer um curso de psicanálise: Qualificação ou Bacharel Livre) independente se tiver formação em psicologia ou não). No Brasil diversas escolas ofertam o curso e não é preciso ser médico ou psicólogo para trabalhar na área.

CAMPO DE ATUAÇÃO: Concluído o curso você terá um diploma que lhe dará o título de “Bacharel em Psicanálise Clínica” permitindo que você abra um consultório e trabalhar legalmente como tal, conforme afirma a Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa (SBPI), assim, o concluinte poderá ter um consultório e exercer livremente a profissão de psicanalista.Segundo o CB0 nº 2515-50 do Ministério do Trabalho e Emprego, no final do Curso de Formação em Psicanálise você estará preparado para atuar nas seguintes áreas:

Avaliar comportamentos individual, grupal e institucional;

Triar casos, entrevistar pessoas, levantar dados pertinentes, observar pessoas e situações, escutar pessoas ativamente. Investigar pessoas, situações e problemas, escolher o instrumento de avaliação, aplicar instrumento de avaliação, sistematizar informações, elaborar diagnósticos, elaborar pareceres, laudos e perícias, responder a quesitos técnicos judiciais, devolver resultados (devolutiva).

Analisar, tratar indivíduos, grupos e instituições; Propiciar espaço para acolhimento de vivencias emocionais (setting), oferecer suporte emocional, tornar consciente e inconsciente, propiciar a criação de vínculos paciente-terapeuta, interpretar conflitos e questões, elucidar conflitos e questões, promover a integração psíquica, promover o desenvolvimento das relações interpessoais, promover desenvolvimento da percepção interna, mediar grupos, família e instituições para solução de conflitos, dar aula.

Orientar indivíduos, grupos e instituições; Propor alternativas para solução de problemas, informar sobre o desenvolvimento do psiquismo humano, aconselhar pessoas, grupos e famílias, orientar grupos profissionais, orientar grupos específicos (pais, adolescentes, etc., assessorar instituições.

Acompanhar indivíduos, grupos e instituições; Acompanhar impactos em intervenções, acompanhar o desenvolvimento e a evolução do caso, acompanhar o desenvolvimento de profissionais sem formação e especialização, acompanhar resultados de projetos, participar de audiências.

Educar indivíduos, grupos e instituições; Estudar caso em grupo, apresentarem estudos de caso, ministrar aulas, supervisionar profissionais da área e de áreas afins, realizar trabalhar para desenvolvimento de competência e habilidades profissionais, formar psicanalistas, desenvolver cursos para grupos específicos, confeccionar manual educativo, desenvolver curso para profissionais de outras áreas, propiciar recursos para o desenvolvimento de aspectos cognitivos, acompanhar resultados de curas, treinamento.

Desenvolver pesquisas experimentais, teóricos e clínicas; Investigar o psiquismo humano, investigar o comportamento individual, e grupal e institucional, definir o problema e objetivos, pesquisar bibliografias, definir metodologia de ação, estabelecer parâmetros de pesquisa, construir instrumentos de pesquisa, coletar dados, organizar dados, compilar dados, fazer leitura de dados, integrar produtos de estudos de caso.

Coordenar equipes de atividades de áreas afins; Planejar as atividades da equipe, programar atividades gerais, programar atividades da equipe, distribuir tarefas a equipe, trabalhar a dinâmica da equipa, monitorar atividades das equipes, preparar reuniões, coordenar reuniões, coordenar grupos de estudos, organizar eventos, avaliar propostas e projetos,avaliar e executar as ações.

Participar de atividades para consenso e divulgação profissional; Participar de palestras, debates, entrevistas, seminários, simpósios, participar de reuniões científicas (Congressos, etc.), publicar artigos, ensaios de livros científicos, participar de comissões técnicas, participar de conselhos municipais, estaduais e federais, participar de entidades de classe, participar de evento junto aos meios de comunicação, divulgar práticas do psicanalista, fornecer subsídios às estratégias organizacionais, fornecer subsídios à formação de políticas organizacionais, buscar parcerias, ética e organizacional.

Realizar tarefas administrativas; Redigir pareceres, redigir relatórios, agendar atendimentos, receber pessoas, organizar prontuários, criar cadastros, redigir ofícios, memorandos e despachos, compor reuniões administrativas técnicas, fazer levantamento estatístico, comprar material técnico, prestar contas.

Demonstrar competências pessoais; Manter sigilo, cultivar a ética,demonstrar ciência sobre o código de ética profissional, demonstrar ciência sobre a legislação pertinente, demonstrar bom senso, respeitar os limites de atuação, ser psico-analisado, ser psicoterapeutizado, demonstrar continência (Acolhedor), demonstrar interessa pela pessoa, ser humano, ouvir ativamente (saber ouvir), manter-se atualizado, contornar situações adversas, respeitar valores e crenças dos clientes, demonstrar capacidade de observação, demonstrar habilidade de questionar, amar a verdade, manter o setting, demonstrar autonomia de pensamento, demonstrar espírito crítico, respeitar os limites do cliente e tomar decisões em situações de pressão.

FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL: A atividade Profissional do Psicanalista, não só no Brasil, mas em praticamente todo o mundo, é uma atividade vinculada às Sociedades Psicanalíticas e sua formação passada “artesanalmente” pelas clássicas Escolas/Sociedades de Psicanálise.O Conselho Regional de Psicologia tem competência para fiscalizar o exercício profissional do psicólogo, incluindo-se no caso a prática da psicanálise. Se o profissional psicanalista não é formado em psicologia e registrado no CRP-SP, o conselho não tem competência para exercer a fiscalização. A atividade profissional do Psicanalista é lícita e reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego Brasileiro sob a CBO (CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE OCUPAÇÕES) número: 2515-50.

FILIAÇÃO E CÓDIGO DE ÉTICA:  A FACOR-MG acredita que também a melhor forma de reconhecimento, é a retirada do “registro profissional” como Psicanalista, em alguma entidade representativa. Abaixo veja o Código de Ética dos Psicanálistas – Ordem Nacional dos Psicanálistas (ONP): Clique na imagem e visualize (ou baixe) em PDF. Veja também o Código de Ética do Conselho Internacional de Psicanálise (CONIPSI):

ORDEM NACIONAL DOS PSICANÁLISTAS (ONP)

CONSELHO INTERNACIONAL DE PSICANÁLISE (CONIPSI)

 

images


DURAÇÃO DO CURSO:
Depende da disponibilidade de tempo do aluno, da sua dedicação, compromisso e esforço pessoal. Geralmente, nossos alunos fazem nossos cursos em média 12 (doze) até 24 (vinte e quatro) meses, o que totaliza 2 (dois anos) de curso.

METODOLOGIA: O aluno receberá todas as apostilas em um CD ou o material via e-mail (se preferir). Todas as provas serão realizadas através de “artigos” (digitados ou manuscritos) de até 30 linhas sobre cada tema. Além disso, o aluno terá que fazer uma pequena conclusão opinativa de cada disciplina. Serão (2) duas provas por mês e o aluno terá que atingir a média minima de “70 pontos” para ser aprovado em cada disciplina. Se houver reprovação em alguma disciplina, o aluno poderá repetir o artigo (texto) com uma manutenção de R$10 a ser paga diretamente para o “Consultor Educacional – Tutor” de sua região.

DISCIPLINA E CARGA HORÁRIA:

GRADE CURRICULAR:

Nossa grade está dividida em 4 Módulos com 34 disciplinas incluindo o TCC – Monografia.

1º Módulo

1- O que é psicanálise?
2- Introdução a Psicanálise Clínica
3- A psicanálise: ciência e ética
4- Diferença entre o Psicólogo, Psicanalista e Psiquiatra
5- A técnica da psicanálise para Freud
6- A entrevista na psicanálise
7- O início da análise na psicanálise
8- A personalidade para a psicanálise
9- Aparelho psíquico para Freud, Winnicott e Klein

2º Módulo

9- O sonho é a realização de um desejo
10- Sonho esquisito? Técnica para analisar um sonho
11- Ato falho?
12- O que querem as mulheres?
13- O amor para a psicanálise
14- Psicanálise Infantil I  e Psicanálise Infantil II
15- O Complexo de Édipo: história e conceito
16- Traumas de Infância

3º Módulo

17- Pulsão de Morte
18- Psicanálise: Depressão e Melancolia
19- A psicose para a psicanálise
20- O conceito de psicose em Freud
21- A fase do espelho – Lacan
22- A relação teórica e pessoal entre Freud e Jung
23- A colaboração entre Freud e Jung
24- O rompimento da relação teórica entre Freud e Jung
25- Os 3 tipos de atos falhos para Freud

4º Módulo

27- Freud explica o Carnaval
28- Os 3 tipos de ansiedade para Freud
29- O princípio de nirvana para Freud
30- Como interpretar os sonhos segundo Freud
31 – Estágio em Atendimento Clínico  (120 horas – Por Conta do aluno)
32 – Carta de Freud para a mãe de um homossexual
33- Aula introdutória aos Três Ensaios sobre a sexualidade

TCC: 02 meses para a entrega do TCC (Trabalho de Conclusão do Curso).

CERTIFICAÇÃO
Após aprovação em todas as disciplinas e TCC, é conferido ao aluno o certificado de Bacharel Psicanálise Clínica – (Ciências Humanas), emitido pela FACOR-MG: FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E RELIGIÃO DE MINAS GERAIS.

DOCUMENTAÇÃO PARA MATRÍCULA
(Apresentar todos os originais juntamente com as cópias)
Ficha de pré-inscrição preenchida e assinada;
2 fotos 3×4 recentes;
Xerox do RG;
Xerox do CPF;
Xerox do Título de Eleitor;
Xerox do Histórico do Ensino Médio (Antigo 2º Grau);
Xerox da Certidão de casamento ou da Certidão de nascimento;
Xerox do Comprovante de endereço.

INVESTIMENTO
Pagamento (Matrícula de R$120 – sem direito a carteira de estudante – carteira a parte)
Pagamento (Matrícula de R$140- com direito a carteira de estudante em PVC grátis).  

MENSALIDADE: R$60  – (Valor ‘Bolsa Estudante’)
Pagamento da Matricula e Mensalidade: a ser depositado em conta sugerida.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Atendimento: 2ª a 6ª feira das 09:00 as 18:00 horas
Atendimento com “Consultor Educacional – Tutor” de sua região ou pelo
E-mail:facormg@facormg.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *